Pular para o conteúdo principal

'Tchec Tchec Tchec' Blog

A atriz Leila Lopes, sumida da tv por talvez estar "estudando alguns projetos", voltou à telinha por causa de uma sacanagem. Não, ela não foi eleita para nenhum cargo do poder Legislativo, apenas entou para o seleto rol de pseudo-celebridades contratadas pela produtora "Brasileirinhas".

Em Pecados e Tentações Leila interpreta Marlene, uma estudante que chega dos Estados Unidos de volta à casa da família. Lá encontra um primo seminarista, que está prestes a fazer o tal voto de castidade. Como boa ordinária, ela resolve seduzir o pobre rapaz, e fazê-lo desistir da vocação.

"Só aceitei fazer porque foi do jeito que eu queria, com uma história (!!!!!). Não é só 'tchec tchec tchec', os atores tiveram que interpretar seus personagens (Uau! Atores tendo que interpretar!!!). Foi tudo inspirado em Nelson Rodrigues (Neste momento o defunto se revira no túmulo)", conta a atriz, que afirma que ensinou os atores a interpretar as cenas.

No longa, Leila faz duas cenas com o mesmo ator, Carlão Bazuca, 31. Ela diz que o rapaz foi muito carinhoso e deu toques importantes sobre as cenas. "Aprendi muito com ele. Ele e o diretor me ensinaram bastante sobre o posicionamento do corpo, tudo com muita técnica, mas me senti um pouco invadida (Com um cara que tem a alcunha de "Carlão Bazuca" ela só se sente um poquinho invadida??) ", diz Leila

Comentários

  1. Eu gOstei da parte : "os atores tiveram que interpretar seus personagens"
    hahaha
    Essa fOi a "peOr", né?!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Coisificado blog

Sabe como é ter realização profissional? Eu não.
Há um certo tempo venho notando que deixei de ser uma pessoa, o Alexandre Santana, e virei o "rapaz do ponto". Sim, eu cuido da frequência no porto do Rio, em especial da Guarda Portuária. É um trabalho. É digno. É honesto. Mas deixei de ser uma pessoa e me tornei um relógio de ponto. Fui coisificado.
Sim. Na maioria dos dias eu mal chego (07:00) e não ouço bom dia e sim um "Ei, o relógio está com defeito!" ou um "Oi, estou com um probleminha aqui no ponto..." e o pior de todos "Olha, vocês me deram falta aqui (sim, eu fui na frequência de um fdp aleatório e taquei falta, claro...)". 
Eu imagino que na maioria dos empregos realmente seja assim e que eu esteja reclamando de barriga cheia. Pode ser. O problema é que não estou lidando com clientes, e sim com pessoas que trabalham na mesma empresa que eu. Com a grande diferença que estou EFETIVAMENTE trabalhando, diferente da grande maioria.
Foda-se, …

Limítrofe Blog.

Você acorda cedo.

Você acorda cedo e sai de casa cedo.

Você acorda cedo e sai de casa cedo pois pega dois ônibus para ir pro trabalho.

Você acorda cedo e sai de casa cedo pois pega dois ônibus para ir pro trabalho pois quer ir em relativo silêncio.

Você acorda cedo e sai de casa cedo pois pega dois ônibus para ir pro trabalho pois quer ir em relativo silêncio visto que no trem, onde você levaria somente meia hora para chegar ao trabalho, o silêncio é algo que não existe.

Você acorda cedo e sai de casa cedo pois pega dois ônibus para ir pro trabalho pois quer ir em relativo silêncio visto que no trem, onde você levaria somente meia hora para chegar ao trabalho, o silêncio é algo que não existe e você quer um pouco de silêncio em sua vida pois no seu trabalho o telefone toca o tempo todo e em casa você tem vizinhos ouvindo música alta o tempo todo e na frente de casa tem uma porra de um lanterneiro.

E todo o dia a mesma coisa. E todo dia é o Dia da Marmota.

Você já nem aguenta mais ouvir seu n…

Suicida blog

Quero morrer.

Não literalmente. Essa eu aguardo sem muita pressa, mas já sabendo que é inevitável.

É mais uma espécie de "morte figurada", por assim dizer. Aos poucos eu venho matando o Alexandre que foi construído ao longo dos anos e que meio que estacionou. Esse Alexandre já não tem mais muito espaço, esse Alexandre só faz merda e só se afunda.

Esse Alexandre trocou sonhos por segurança. Não que segurança seja ruim, pelo contrário, mas esse Alexandre se acomodou. Muito. Esse Alexandre virou uma pífia sombra daquele Alexandre cheio de sonhos, esperanças e "sangue nos olhos". Sei que aquele Alexandre não volta, ou pode voltar cheio de cicatrizes, mas ESSE Alexandre de hoje em dia precisa morrer.