terça-feira, julho 14, 2009

Filosófico blog

"Homens civilizados são mais descorteses do que os selvagens porque sabem que podem ser indelicados sem ter seus crânios rachados, como regra geral."

- Conan, o Cimério


É, faz sentido.

segunda-feira, julho 06, 2009

Crítico Blog...

Tem uma banda de rock ensaiando aqui perto da minha casa. Nada contra o estilo musical em si, adoro rock. Nada contra o horário também, e eu não dormirei tão cedo. E até gosto de ver uma banda de rock se formando aqui em Vigário Geral. Pra quem não conhece, Vigário Geral é um bairro situado na Zona Norte do Rio de Janeiro, na região da Leopoldina. Eu, por exemplo, sempre fui visto como uma criatura estranha por gostar de rock, portanto, me agrada muito que comecem a surgir bandas de rock numa região onde o pagode e o funk predominam. Mas é que esta banda em particular tem um pequeno problema. Na verdade são alguns pequenos problemas. Bem, pra começar, o baterista é uma bosta. Sim, ele é uma merda de baterista, acha que bater forte é tocar bem. O guitarrista é sofrível. O baixista é bom, vá lá. O vocalista, bem... o vocalista precisa primeiro aprender a manter um tom. Assim que ele aprender a manter um tom, precisa urgentemente deixar de querer cantar como o Axl Rose. Esse jeito estridente de cantar já me deixava irritado nos anos 90 e minha opinião não mudou desde então. Mas eles cantam um repertório bom até, desde as antigas do Capital Inicial, passando por Ratos de Porão, Inocentes, Legião e afins. Tava dando até pra levar legal. Até que eles começaram a cantar num idioma estranho, que eu nunca ouvi na minha vida. Demorei para perceber que os versos "Haidonidôu sinifraun, hei! Tínga! Heimaifrinderóu!" vinham da canção "Another brick in the wall" do Pink Floyd. Como eu até escuto Pink Floyd, mas não sou fã, relevei. Porém, pra despertar meu lendário mau-humor, eles destruíram uma canção que eu adoro. Confesso que demorei pra entender que as frases "Loráponga, buiudepnde dê nôu derá quefránoei" correspondiam à "Smells like teen spirit" do Nirvana. Ah, agora sim fiquei puto! Não bastava cantar mal, precisa destruir a minha música favorita? Na boa, quer cantar? Aprenda a cantar. Quer começar uma banda? Certifique-se de que todos os componentes sabem tocar seus respectivos instrumentos. Depois certifique-se de que aprendam um pouco de Harmonia. Quer cantar em inglês? Porra, aprenda a pronunciar as palavras pelo menos!
Mas, podia ser pior. Ao invés de haver uma banda de rock ensaiando em frente à minha casa poderia haver uma dupla de goianos ensaiando música sertaneja. Poderiam ser "us mano" da periferia de São Paulo cantando uns "répi". Poderia ser um grupo de Belém tocando Brega. Ou poderiam ser os típicos habitantes de Vigário Geral tocando Funk ou Pagode.

Olhando por esse prisma, até me considero sortudo.

segunda-feira, junho 22, 2009

Sith Blog

Segundo o Mestre Yoda:

“O medo é o caminho para o Lado Negro. O medo leva à raiva, raiva leva ao ódio; ódio leva ao sofrimento. Eu sinto muito medo em você.”

“O apego leva ao ciúme. Ele é a sombra da mesquinharia. Treine-se para se desapegar de tudo que você teme perder”.

“O medo da perda é o caminho para o Lado Negro”.


Não sou nenhum Jedi. Aliás, não sou nem um Padawan com sua trancinha duvidosa. Mas as sábias palavras do Mestre Yoda me fizeram pensar um bocado por esses dias. Eu realmente passei a ter medo de perder alguém no momento que passei realmente a ter apego por tal pessoa. E esse medo me fez ter raiva em certo momento. Tudo isso por ter me tornado ciumento, ou por esse sentimento ter aflorado caso já existisse. E ao perceber isso, tive vergonha de mim mesmo, pois agia como um louco insano, e acabei algumas vezes magoando o objeto do meu apego.

Definitivamente tenho de passar a me controlar.

segunda-feira, junho 08, 2009

Acredito que todo ser humano seja igual, independente de etnia, sexo, nacionalidade, religião, orientação sexual, nível cultural ou qualquer outro diferencial.
Mas juro que sempre penso em rever meus conceitos quando pego o busão e tem algum imbecil maravilhado com o celular novinho que toca mp3.

quarta-feira, maio 20, 2009

Nerúdico Blog

Porque Pablo Neruda é o cara!

"Tira-me o pão, se quiseres,
tira-me o ar, mas não
me tires o teu riso.

Não me tires a rosa,
a lança que desfolhas,
a água que de súbito
brota da tua alegria,
a repentina onda
de prata que em ti nasce.

A minha luta é dura e regresso
com os olhos cansados
às vezes por ver
que a terra não muda,
mas ao entrar teu riso
sobe ao céu a procurar-me
e abre-me todas
as portas da vida.

Meu amor, nos momentos
mais escuros solta
o teu riso e se de súbito
vires que o meu sangue mancha
as pedras da rua,
ri, porque o teu riso
será para as minhas mãos
como uma espada fresca.

À beira do mar, no outono,
teu riso deve erguer
sua cascata de espuma,
e na primavera, amor,
quero teu riso como
a flor que esperava,
a flor azul, a rosa
da minha pátria sonora.

Ri-te da noite,
do dia, da lua,
ri-te das ruas
tortas da ilha,
ri-te deste grosseiro
rapaz que te ama,
mas quando abro
os olhos e os fecho,
quando meus passos vão,
quando voltam meus passos,
nega-me o pão, o ar,
a luz, a primavera,
mas nunca o teu riso,
porque então morreria."

Pablo Neruda

sexta-feira, maio 01, 2009

Fã Blog

Hoje, dia primeiro de maio de 2009 fazem 15 anos que faleceu Ayrton Senna. Alguns o tratam como herói nacional, o que eu acho um tremendo exagero. O que ele fez para o Brasil? Ele foi, sim, um dos maiores pilotos que já existiu, mas não fez isso PARA o Brasil. Sou e continuo sendo fã, mas sem idolatria besta, por favor.

sábado, abril 04, 2009

Atômico Blog

Um senhor de 93 anos se tornou,oficialmente, o primeiro sobrevivente das duas bombas atômicas lançadas no Japão ao final da Segunda Guerra.
Seu nome é Tsutomu Yamaguchi, e já havia sido oficialmente declarado como sobrevivente de um dos ataques (no Japão se utiliza o termo "Hibakusha" pra denominar essas pessoas), o de Nagasaki, e foi confirmado também como sobrevivente do ataque em Hiroshima três dias antes.
Ele estava em Hiroshima numa viagem de negócios em 6 de agosto, quando um avião americano lançou a bomba atômica. Ficou com queimaduras no tronco, e retornou para Nagasaki, onde morava, para se cuidar, repousar e esquecer dos horrores da bomba... mas pelo visto não deu muita sorte.
Há quem diga que ele é um sujeito de muita sorte, afinal, sobreviveu à 2 explosões nucleares, onde milhares morreram. Eu já acho que, das duas, uma:

- Ele é azarado pra cacete. Porra, tá lá em Hiroshima e *CABUUUUUUUUUUUUUUUM*, surge o cogumelão atômico. Aí ele vai e pensa: "Caralho, escapei por pouco dessa porra! Vou lá pra casa descansar, esquecer essa merda toda e levar a vida normalmente." Chega em casa, coloca o pijama e os chinelos, olha pela janela e *CABUUUUUUUUUUUUUUUUUUUMMMM*.

- Ele comeu a filha de algum general americano. Não foi um ato de guerra dos EUA, era coisa pessoal!

quinta-feira, abril 02, 2009

Ecológico blog...

Sempre ouvi dizer que congestionamentos aumentam o consumo de combustível no automóvel. E esse aumento no consumo, faz com que o carro emita mais gases poluentes. E esses gases poluentes aceleram o processo de Aquecimento Global, certo?

Então o protesto do Greenpeace contra o Aquecimento Global que foi realizado na Ponte Rio-Niterói essa semana, que gerou um engarrafamento monstro, só serviu para... aumentar o Aquecimento Global?