Pular para o conteúdo principal

Cinematográfico blog

Cinematográfico blog...

Ontem fui ao cinema com Vanessa, a amada, para a estréia de "A pantera cor-de-rosa". Hilário, porém um pouco abaixo dos estrelados por Peter Sellers. Não, a culpa não é de Steve Martin, aliás, ótimo como o inspetor Closeau, e mais por culpa do roteiro, muito aquém da série clássica.
Martin manteve bem o papel de Closeau, mantendo o sotaque utilizado por Sellers mas sem que sua interpretação fosse uma imitação. Não havia o Kato e, por consequência, não haviam as hilárias cenas de luta no apartamento do inspetor. Porém, haviam Jean Reno, ótimo, no papel de Ponton, "assistente" de Closeau e Kevin Kline, perfeito, como o inspetor-chefe Dreyfuss.
Salvaram-se os personagens, que mereciam um roteiro digno deles. Mas devo dizer que a cena do globo terrestre, que foi uma homenagem ao filme original, a cena da aula de sotaque americano, a cena do Viagra e a cena onde Closeau e Ponton tem que "provar" que são dançarinos da cantora Xania ( a tal da Beyoncee) já valeram o ingresso, sem sombra de dúvidas.
Mas, depois de anos, percebi a razão de eu tanto gostar de Closeau. Além de ser um ótimo personagem, notei algumas semelhanças comigo, como, por exemplo, achar que está fazendo tudo certo e na verdade estar mais perdido do que cego em tiroteio. Isso sem falar que sou quase tão inoportuno quanto ele e também nunca soube como lidar direito com as mulheres. Felizmente Vanessa, a amada, é uma ótima professora.
Pensando nessas particularidades em comum com Closeau, comecei a ver que tenho algumas características de outros personagens que eu gosto muito. Vai ver é por isso que gostamos de alguns personagens, pelo fato de, de alguma forma, nos identificarmos com eles ou querermos de alguma forma ser como eles. Dá uma ohada nos meus personagens favoritos e similaridades que tenho com eles:

-Garfield: Mal-humor e sarcasmo crônicos.
-Conan, o bárbaro: São tão delicado quanto.
-Musashi: Sou tão vidrado nos treinos de artes marciais quanto ele, mas tomo banho.
-Recruta Zero: Preguiça crônica
-Charlie Brown: Ah, o otimismo e a auto-estima!
-Urso Fowzy, dos Muppets: Ótimas piadas como as dele.
-Shreck: Razões óbvias, tão ogro quanto.
-Peter Parker, o homem-aranha: Tão azarado e duro quanto, e com uma namorada tão gostosa quanto (uhuuuuu).

E vocês, queridos 4 leitores, tem algum ou alguns personagens com os quais se identificam?

Comentários

  1. Achei seu blog no orkut e estou aki fazendo uma visita!!Mto legal o seu blog!!! Quanto ao post, ainda n assiti o filme, mas pretendo assistir no próximo final de semana... Quanto a um personagem q eu me identifique, n sei bem... N me ocorreu nenhum agora... Se lembrar de algum, volto aki e posto.
    Bjus pra vc e parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  2. Acabei de encontrar este seu blog e estou a char interessante!
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  3. Ihhh... vou eleger meus 4 também ...
    beijos

    ResponderExcluir
  4. cara não gosto muito do Steve Martin mas pelo trailer o filme parace ser bom, sobre os personagens, sem pensar duas vezes fico com o garfield, visto que ele ama lasanha e odeia segunda-feira, engraçado... eu tbm rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  5. Hilário adorei as comparações olha os meus:
    Gato de botas (Shrek): cara de piedade antes do ataque
    Fiona em versão ogro: gorda
    Mas na verdade eu gostaria de ter semelhança com a Chun Li do Street Fight, tipo assim nada que uma lipoaspiraçao tirando as banhas e uns 500 ml de silicone em cada seio nao resolva

    ResponderExcluir
  6. E vc viu... nao sao apenas 4 leitores...
    agora vc tem mais leitores que se identificam. Pq a pior coisa e ouvir de alguém: Oi leio seu blogger todo dia!!!
    E vc nunca viu um mísero comentário do babaca

    ResponderExcluir
  7. adorei u template daki..

    ;*

    ResponderExcluir
  8. vanessa6:05 PM

    Amor, a dia do cinema foi muito legal mesmo!!! Eu adorei o filme e agora vou ver os originais com vc que eu sempre me pede pra ver e durmo sempre..rss
    E quanto as personagens, creio que todo mundo tem um pouco de garfield, tb odeio segunda feira, sou preguiçosa tb.
    O burro do sherk tb tem a ver comigo , falo tanto quando ele , e nas piores horas possíveis...
    aqui no trabalho todo mundo me chama de pocahontas por causa do cabelo...mas não tenho nada a ver com ela!
    Fiona não poderia faltar...pois eu amoooo meu ogrinho!!! que é meu amor verdadeiro que me transformou em uma linda princesa!! te amo!!!
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Anônimo12:20 PM

    You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it lexus suspension part stop smoking and lose weight drug 2001 lexus rx 300 parts

    ResponderExcluir
  10. Anônimo2:17 PM

    Cool blog, interesting information... Keep it UP » »

    ResponderExcluir
  11. Anônimo5:38 AM

    You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it Brisket slow cook oven Pda phone 2006 Managment accounting ultram side effects california refinance

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Os 47 ronin, parte 2: A hora da vingança.

Como dito no post anterior,  o daimyo Asano Naganori se viu obrigado a realizar o seppuku por ter ferido um superior no palácio do Shogun.
Tal notícia foi levada para Oishi Kuranosuke Yoshio, conselheiro de Asano, que assumiu o comando e levou a família Asano para longe, antes de cumprir as ordens do Shogunato e entregar o palácio e o feudo para agentes governamentais.
Dos mais de 300 homens de  Asano, 45, junto com o líder Oishi, recusaram-se a permitir que o seu senhor não fosse vingado, embora o Shogunato houvesse proibido a vingança nesse caso. Sim, haviam casos em que a vingança era tolerada.
Eles se uniram, fazendo um juramento secreto para vingar seu mestre matando o vacilão do Kira, mesmo sabendo que seriam punidos severamente por isso.
Só que o Kira tava bem guardado, e sua residência tinha sido fortificada e a segurança reforçada pois todo mundo sabia que os samurai eram meio doidos. Os ronin perceberam que teriam que esperar a poeira baixar antes que pudessem ter uma peque…

Kitânico Blog 2, a Missão.

監督·ばんざい (Kantoku. Banzai!) ou "Glória ao cineasta!" é um filme autobiográfico de Kitano. É o segundo da trilogia autobiográfica, iniciada com Takeshis e terminada com Aquiles e a Tartaruga. Neste ele usa uma forma meio "Monty Python's The Meaning of Life", com várias esquetes meio com uma certa ligação entre si para contar criativamente sobre como um hiato criativo o está atacando. 
 É um filme bem difícil de descrever, é meio como se Ed Wood e Stanley Kubrick se juntassem numa só pessoa e fizesse um filme. E atuasse. E usasse um boneco de fibra como dublê. A forma como ele narra usa recursos propositalmente toscos de computação gráfica, pessoas agindo como se estivessem em anime e hilárias autocríticas a seu estilo e sua fixação por violência e Yakuza. 
Resumindo: Takeshi Kitano, interpretado por Beat Takeshi (Sim, são personalidades distintas) busca desesperadamente um novo gênero que trará o público de volta aos cinemas, visto que seus filmes nunca foram suces…

Kitânico Blog 3, o Desafio Final.

Nessa minha última ida ao festival de Takeshi Kitano na Caixa cultural eu revi "Zatoichi" de 2003. Adoro esse filme, tenho o DVD e sou fã do personagem.
 Zatoichi é um dos personagens de ficção mais conhecidos na literatura do Japão e TV. O personagem foi criado pelo escritor Kan Shimozawa e depois foi adaptado para a TV pelo Daiei Studios e originalmente interpretado por Shintaro Katsu.
 Zatoichi aparece como um anma san (massagista) cego que vagueia ganhando a vida realizando suas massagens, acupuntura e jogando dados. No entento, ele é um excelente espadachim do estilo Muraku-Ryu de kenjutsu e iai e também mostra habilidades em Sumo, taijutsu e kyujutsu.
 Ele não carrega uma katana comum, e sim uma shikomizue (espada disfarçada de bengala). Ou seja, ele passa a imagem de um massagista cego completamente indefeso. Isso, pra mim, é genial.
Então, Kitano sempre foi um fã de Chanbara (o nome original dos filmes de samurai) e nada melhor que esse personagem icônico pra fazer …