Pular para o conteúdo principal

Decepcionado Blog

Leiam a notícia:

Mãe contrata stripper para festa escolar por engano


Minha mãe nunca cometeu um erro desses... droga!

Se bem que com 16 anos eu não comemorava aniversário no colégio.

Comentários

  1. HAAAAAAAA!!!!!!!!
    Nen a minha tbm........
    fui uma criança infeliz, nunca tive uma streeper no meu aniversário...


    []s L.Sakssida

    ResponderExcluir
  2. minhas festas tb não tinham isso...hehehehe

    ResponderExcluir
  3. Thaiane1:28 PM

    hahhaha
    maior surpresa mesmo, stripper vestida de gorila xD

    gostei do blog! :)
    beijos

    ResponderExcluir
  4. HAHAHAHAH
    Hilário! Imagine a cara dos professores e diretores da escola ao ver a striper montando sobre o aniversariante e fazendo movimentos de cavalgada, acompanhados por 16 chicotadas em seu traseiro! haahhahaha

    ResponderExcluir
  5. Eu já havia lido isso no daily mail. Já dei altas gargalhadas. aheuahuehauehua

    Abraço

    ResponderExcluir
  6. kkkkkkkkkkk
    q onda dah zorra!
    isso soh lah mesmo viu?!

    ResponderExcluir
  7. ahhh pois é.... eu imagino a cara do resto do pessoal assistindo à cena!!!

    Principalmente dos rapazes morrendo de inveja......

    Muito bom!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Realmente nunca tive uma stripper em minhas festas... Mas vou ligar rapidinho para esses recados que estão colados nos telefones publicos e resolver essa questão...
    Hheheheheheh
    Abraços
    Everaldo Ygor
    http://outrasandancas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. DESIGNER VIGIADO12:37 PM

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  10. hehee..quem me derá cometer um erro desse comigo..minha mãe.!!!

    ResponderExcluir
  11. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Essa foi ótima!!!!

    E o seu comentário foi o melhor de tudo rsrsrs

    ResponderExcluir
  12. Joao Medeiros7:03 PM

    kkkkkkkkk imagine como foi a resenha 16 chicotadas ushauhsua isso parece muito engraçado, e é, mas pode ter constrangido alguma pessoa que estava no local, e realmente na escola nao deve ocorrer essas coisas.

    mas quem nao queria um erro desses?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Coisificado blog

Sabe como é ter realização profissional? Eu não.
Há um certo tempo venho notando que deixei de ser uma pessoa, o Alexandre Santana, e virei o "rapaz do ponto". Sim, eu cuido da frequência no porto do Rio, em especial da Guarda Portuária. É um trabalho. É digno. É honesto. Mas deixei de ser uma pessoa e me tornei um relógio de ponto. Fui coisificado.
Sim. Na maioria dos dias eu mal chego (07:00) e não ouço bom dia e sim um "Ei, o relógio está com defeito!" ou um "Oi, estou com um probleminha aqui no ponto..." e o pior de todos "Olha, vocês me deram falta aqui (sim, eu fui na frequência de um fdp aleatório e taquei falta, claro...)". 
Eu imagino que na maioria dos empregos realmente seja assim e que eu esteja reclamando de barriga cheia. Pode ser. O problema é que não estou lidando com clientes, e sim com pessoas que trabalham na mesma empresa que eu. Com a grande diferença que estou EFETIVAMENTE trabalhando, diferente da grande maioria.
Foda-se, …

Limítrofe Blog.

Você acorda cedo.

Você acorda cedo e sai de casa cedo.

Você acorda cedo e sai de casa cedo pois pega dois ônibus para ir pro trabalho.

Você acorda cedo e sai de casa cedo pois pega dois ônibus para ir pro trabalho pois quer ir em relativo silêncio.

Você acorda cedo e sai de casa cedo pois pega dois ônibus para ir pro trabalho pois quer ir em relativo silêncio visto que no trem, onde você levaria somente meia hora para chegar ao trabalho, o silêncio é algo que não existe.

Você acorda cedo e sai de casa cedo pois pega dois ônibus para ir pro trabalho pois quer ir em relativo silêncio visto que no trem, onde você levaria somente meia hora para chegar ao trabalho, o silêncio é algo que não existe e você quer um pouco de silêncio em sua vida pois no seu trabalho o telefone toca o tempo todo e em casa você tem vizinhos ouvindo música alta o tempo todo e na frente de casa tem uma porra de um lanterneiro.

E todo o dia a mesma coisa. E todo dia é o Dia da Marmota.

Você já nem aguenta mais ouvir seu n…

Mendicante blog

No  final do século XI até o início do século XIII o mendigo tinha um papel curioso entre as sociedades cristãs na Europa ocidental.
Ele era primordial para aquilo que os cristãos chamam de "Salvação do Rico".
Justamente por isso, o mendigo costumava ser bem acolhido na sociedade medieval em boa parte da Europa. Toda comunidade, cidade ou mosteiro queria ter seus mendigos pois eles eram como um tipo de elo entre o Céu e a Terra. Eram basicamente instrumentos com os quais os ricos podiam expiar seus pecados através da caridade.
Não é muito diferente daquela galera que paga de defensora dos fracos e oprimidos pra gerar likes no Youtube.