domingo, janeiro 22, 2012

Lendário Blog

Era uma vez um pequeno país formado por cidades independentes chamado Grécia. Todos viviam felizes com suas togas coloridas, vinho, orgias, escravos e tudo de bom que a vida pode oferecer. Daí, em certa ocasião lá pros idos de 492 antes de Gzuis, um persa chamado Dario I, pai de Xerxes I (é, esse mesmo que você está pensando), decidiu invadir este país e tocar o zaralho pra depois ter livre acesso pra Europa.
 Bom, na verdade todo lugar que ele invadia ele acabava fazendo com que se desenvolvesse mais ainda, mas isso é mero detalhe, o que interessa é que ele ia acabar com as orgias, e isso era inaceitável. Enfim, Dario chegou conquistando logo de cara a Trácia e tornando a Macedônia um tipo de capacho comercial deles e, no ano seguinte, mandou embaixadores para todas as cidades gregas exigindo submissão completa. Todas aceitaram, exceto Atenas e This is Spaaartaaaaaaa!, que executaram os tais embaixadores persas. Dario ficou puto! Começou uma mega operação pra invadir a porra toda. Quem esses caras vestidos com togas multicoloridas e que curtiam trepar com garotinhos achavam que eram?
 Primeiro ele começou invadindo as ilhas. Moleza! Depois partiu para a área continental, chegando em Maratona, na rota para Atenas. Daí rola a lenda que um tal Fidípides, um arauto de Maratona, que picou a mula e correu de Maratona até This is Spaartaaaaa pra pedir ajuda pros espartanos fodões. E depois correu de novo até Maratona mas, lá chegando, tropas atenienses que por lá se encontravam já haviam despachado os persas de volta pra Pérsia, onde se encontrava o Príncipe da Pérsia (citação obrigatória de um jogo clássico), Xerxes I.
Fidípides comemorou? Porra nenhuma! Correu novamente, dessa vez até Atenas, que ficava a 42 km de distância dali pra anunciar a vitória. Lá chegando, começou a berrar “Nenikékamen!” que queria dizer que eles venceram a contenda. Depois de anunciar a vitória, caiu mortinho da silva. Porra, em 2 dias ele tinha corrido mais de 200km, sem ser atleta. Nada mal pra um típico grego beberrão.
Alguns séculos depois criaram uma prova de corrida com exatos 42 km e deram seu nome de Maratona, em homenagem ao lendário Fidípides.

Enquanto isso isso, na Pérsia, Dario I estava puto. Muito puto! Começava a arquitetar uma nova invasão, em escala infinitamente maior. Mas morreu de velhice, tadinho, ficando incumbido dessa missão o seu filho Xerxes I, que não se parecia com a Vera Verão.

Mas isso eu conto mais tarde.




Nenhum comentário:

Postar um comentário