Pular para o conteúdo principal

Cinematográfico blog

Todos aqui sabem que agora, além das adaptações literárias e quadrinísticas para o cinema, o novo filão são as adaptações de videogames para a telona. Como assim? Bem, o videogame já virou uma nova mídia, independente, e que gera sua própria cultura. Chega até a causar uma certa nostalgia aos que viram a era de ouro dos games, com seus 8 e 16 bits, o que gera festas regadas à música de videogame, com trilha sonora de Megaman, Super Mario Bros, Zelda, Ninja Gaiden e afins. Pois bem, obviamente a telona não poderia ficar de fora dessa, e de unsanos pra cá, as adaptações foram surgindo. Bem toscas na grande maioria das vezes, mas não pelo fato de não terem boas histórias - alguns jogos tem enredos que não deixam a dever pra nenhum livro - mas pelo fato dos roteiristas não terem conseguido ainda encontrar a forma adequada de transportar tais histórias para a telona, como aconteceu com os quadrinhos a alguns anos.Ou alguém aqui esquece que os filmes do Batman, Homem-Aranha, Hulk e Capitão América eram podres? Só a partir de X-Men e do novo Homem-aranha eles acertaram na mão, e as adaptações não ficam mais a dever, incluindo V de Vingança e 300, como obras primas.
Mas os filmes baseados em videogames até agora não emplacaram, gerando enormes PORCARIAS cinematográficas como:

- Super Mario Bros (Porcaria)
- Street Fighter (Lixo)
- Mortal Kombat (Meia-boca)
- Doom (ARGH)
- Double Dragon (Horrível)
- Tomb Raider

E um ou outro se salvam, no caso, Final Fantasy, Resident Evil (O primeiro é um ótimo filme pipoca) e Silent Hill.
Pois bem, achei este vídeo parodiando os filmes baseados em videogame, e este aqui parodia o jogo mais jogado e mais subestimado dos donos de pc, quesó lembram dele quando não conseguem se conectar à internet e enjoaram de jogar Paciência. Sim, estou falandode Campo Minado!!! Divirtam-se, pois, com esta que promete ser a redenção dos filmes baseados em videogames:

Obs: Ae, estou participando de uma boa campanha entre blogs e gostaria de contar om a ajuda dos meus fiéis 3 leitores. O nome da campanha é “Tour”, o objetivo dela é fazer com que ocorra uma maior integração entre os blogs pois, segundo o cara que teve essa idéia, “Queremos apenas comentários decentes. Se não, pra que comentar? Não queremos só elogios, mas sim críticas”.
E isso resume bem a idéia de todos os que entraram na campanha. Se quer participar, vá até a Comunidade da Campanha TOUR e veja como funciona. O Blog Tour da semana é o Reflexões de Um Louco (clique aqui) .

Anarriê! P.´.Q.´.P.´.

Comentários

  1. Campo minado!!!!


    kkkkkkkkkkkkkkkk

    demais o video xD

    ResponderExcluir
  2. gostei do video . :)

    ResponderExcluir
  3. sério?
    HUAHUAHUAH

    to sabendo do filme baseado no jogo
    Alice in Chains

    que vão lançar ano que vem
    mas campo minado foi longe demais :x

    ResponderExcluir
  4. O fato é que os video-games vem ganhando um espaço assustador na mídia, invadindo até a página principal de sites importantes como o Uol em links pra notícias dentro da seção "uol jogos" que sempre pretendeu ser mais teen que adulto.
    Todavia, cinema e video-game apenas combinariam se os filmes não fossem míseros caça-níqueis e realmente quisessem usufruir de todos os aspectos que os jogos oferecem, vide Silent Hill que, apesar de fugir totalmente da série, é um filme realmente muito bom, além de Final Fantasy VII.
    Em geral, não dá pra consiliar duas midias diferentes sem tentar muito. Livros, gibis e jogos demoram até descobrir como entrar na telona.

    ResponderExcluir
  5. Putz, que irado o vídeo do campo minado, uahhhauhhuauhuhuhuauuhauaha

    Sobre os filmes, não sou muito de assitir, mas parece que realmente não há filme de games que dão certo (Tomb Raider?).

    Abraço.

    ResponderExcluir
  6. Muito bom o seu blog, Parabéns!

    Tenha uma boa quarta,
    Abraço

    http://autoswallpaper.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. hauahuahauhauhauahauha
    a criatividade nao deixou a desejar! adorei o video!
    e quanto aos filmes que são originados de video-games ainda estou pra achar um bom, não gostei nem de residente evil nem se Silente Hill

    ResponderExcluir
  8. porrete news11:58 AM

    po
    eu achei legal o Double Dragon
    e agora eles irão fazer a adaptação
    de HITMAN!
    espero que seja bom!XD

    ResponderExcluir
  9. eu não sou o melhor para criticar esses filmes derivados de video-games, pois sou fã de quase todos e ja vi quase todos nos cinema.

    ...e gostei da maioria que vi.
    claro, eu sabia que estava indo ver um filme-pipoca.

    abraço!

    http://clicko.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. rsrsrsrsrs

    Nossa... eu elogiar... mas vc tmb quer críticas né?

    Eu não sei em que criticar, uma vez q não gosto desses filmes baseados em games. Sinceramente, que graça se vê nesses filmes de Homem aranha?
    ( foi o mais interessante q eu assisti da lista)
    E qnto a resident Evil, hummm... vou tentar assitir, espero passar dos 45 minutos.

    Retribundo a visita:)

    ResponderExcluir
  11. Blog com conteúdo .
    Matéria boa gostei do seu blog.




    []s L.Sakssida

    ResponderExcluir
  12. hahahahah
    adorei o video! está muito bem feito.
    quanto aos filmes de jogos só gostei do resident evil e do tomb raider. o resto é muito ruim... :P

    ResponderExcluir
  13. Em certos pontos você está certo, mas tem muitas adaptaçoes de videogame que eu gostei.

    Até mesmo DOOM que você diz ter sido ruim eu gostei.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Os 47 ronin, parte 2: A hora da vingança.

Como dito no post anterior,  o daimyo Asano Naganori se viu obrigado a realizar o seppuku por ter ferido um superior no palácio do Shogun.
Tal notícia foi levada para Oishi Kuranosuke Yoshio, conselheiro de Asano, que assumiu o comando e levou a família Asano para longe, antes de cumprir as ordens do Shogunato e entregar o palácio e o feudo para agentes governamentais.
Dos mais de 300 homens de  Asano, 45, junto com o líder Oishi, recusaram-se a permitir que o seu senhor não fosse vingado, embora o Shogunato houvesse proibido a vingança nesse caso. Sim, haviam casos em que a vingança era tolerada.
Eles se uniram, fazendo um juramento secreto para vingar seu mestre matando o vacilão do Kira, mesmo sabendo que seriam punidos severamente por isso.
Só que o Kira tava bem guardado, e sua residência tinha sido fortificada e a segurança reforçada pois todo mundo sabia que os samurai eram meio doidos. Os ronin perceberam que teriam que esperar a poeira baixar antes que pudessem ter uma peque…

Kitânico Blog 2, a Missão.

監督·ばんざい (Kantoku. Banzai!) ou "Glória ao cineasta!" é um filme autobiográfico de Kitano. É o segundo da trilogia autobiográfica, iniciada com Takeshis e terminada com Aquiles e a Tartaruga. Neste ele usa uma forma meio "Monty Python's The Meaning of Life", com várias esquetes meio com uma certa ligação entre si para contar criativamente sobre como um hiato criativo o está atacando. 
 É um filme bem difícil de descrever, é meio como se Ed Wood e Stanley Kubrick se juntassem numa só pessoa e fizesse um filme. E atuasse. E usasse um boneco de fibra como dublê. A forma como ele narra usa recursos propositalmente toscos de computação gráfica, pessoas agindo como se estivessem em anime e hilárias autocríticas a seu estilo e sua fixação por violência e Yakuza. 
Resumindo: Takeshi Kitano, interpretado por Beat Takeshi (Sim, são personalidades distintas) busca desesperadamente um novo gênero que trará o público de volta aos cinemas, visto que seus filmes nunca foram suces…

Kitânico Blog 3, o Desafio Final.

Nessa minha última ida ao festival de Takeshi Kitano na Caixa cultural eu revi "Zatoichi" de 2003. Adoro esse filme, tenho o DVD e sou fã do personagem.
 Zatoichi é um dos personagens de ficção mais conhecidos na literatura do Japão e TV. O personagem foi criado pelo escritor Kan Shimozawa e depois foi adaptado para a TV pelo Daiei Studios e originalmente interpretado por Shintaro Katsu.
 Zatoichi aparece como um anma san (massagista) cego que vagueia ganhando a vida realizando suas massagens, acupuntura e jogando dados. No entento, ele é um excelente espadachim do estilo Muraku-Ryu de kenjutsu e iai e também mostra habilidades em Sumo, taijutsu e kyujutsu.
 Ele não carrega uma katana comum, e sim uma shikomizue (espada disfarçada de bengala). Ou seja, ele passa a imagem de um massagista cego completamente indefeso. Isso, pra mim, é genial.
Então, Kitano sempre foi um fã de Chanbara (o nome original dos filmes de samurai) e nada melhor que esse personagem icônico pra fazer …