sábado, agosto 06, 2011

Anti pop-up blog

Todos os que estão lendo este texto com certeza conhecem os malditos pop-ups que qualquer criatura que navegue na internet odeia, não é? Pois é, eu também detesto essas malditas janelas que surgem na sua frente e que te fazem odiar a empresa que as coloca, o que é justamente o contrário da intenção de quem os colocou ali, certo? Pois é, mas quem disse que só as pessoas que utilizam internet é que odeiam os pop-ups? Eu digo que qualquer um que ande por alguma grande cidade odeia os pop-ups, mesmo que nunca tenha utilizado um computador na vida. Quem é que nunca foi abordado por algum panfleteiro com aqueles papéis de "Compro ouro", "Crédito ilimitado" ou "xerox 10 centavos"?



Certa vez eu, ao passar pela rua Uruguaiana no centro do Rio resolvi pegar todos os papéis que me entregassem e contabilizei no final mais ou menos 12 panfletos de "Compro ouro", 11 de "Crédito ilimitado" e uns 20 de "Relax à 10 reais". Ah, por "Relax" entenda "chupada", "boquete", "felação", "felatio", "bolagato" e/ou similares. Mas esses malditos pop-ups da vida real estavam limitados à pequenas empresas cuja única forma de propaganda era esta, até mesmo pelo fato de não ser necessário uma propaganda maior mas, de uns tempos pra cá as coisas começaram a mudar. Empresas grandes como uma certa loja de departamentos e um grande banco começaram a utilizar esse maldita forma de propaganda, contratando as maiores malas sem alça que existem, tornando esse maldito pop-up quase um spam!Exemplo bom mesmo são as lojas de departamento como a C&A, Leader, Renner,Lojas Americanas. Cada uma delas com seus respectivos malas-de-papel-crepom-sem-alça-e-sem-rodinha-na-chuva perguntando: Já tem nosso cartão senhor?Precisa de dinheiro rápido senhor? Quer conhecer uma oportunidade única senhor? E por vai...

Tenho pena mesmo das senhoras e senhores que são abordados por esses malas, pop-ups ambulantes oferecendo empréstimos rápidos com desconto em folha. Ao meu ver esse tipo de abordagem irrita e não funciona como uma boa jogada de marketing. Mas, podem render boas risadas! Experimente perguntar pra qualquer um deles se os juros cobrados são simples ou compostos. A cara que eles fazem ao ouvir a pergunta já vale pra te deixar de bom-humor o resto do dia.

Um comentário:

  1. Na minha cidade acontece isso direto .
    Gostei do blog .

    ResponderExcluir